14 de mai de 2009

Música por streaming se populariza

A revista Época desta semana tem uma reportagem sobre a popularização de sites de música por streaming. O simples fato do assunto aparecer na revista já é um sinal importante. O crescimento de gente acessando a web via I-Phone e outros gadgets móveis só faz aumentar a tendência ao streaming, em detrimento do mp3.

A matéria foca no site brasileiro Sonora e no sueco Spotify.


Desde fevereiro deste ano o Sonora está com o conteúdo aberto, de grátis. Tem 200 mil assinantes e cresce numa base de 2.500 por dia. Isso no modelo gratuito, pois há três planos pagos, de 9,90 a 19,90 reais por mês. O plano grátis, pelo que vi, dá direito a 20 horas por mês - e anúncios entre as músicas. Nos planos pagos é possível baixar, mas ainda com os indefectíveis DRMs. A remuneração varia, mas de uma forma geral os lucros são repassados para as gravadoras de acordo com o número de vezes que a música foi ouvida. E da gravadora para o artista. Lucro? Dizem os caras do Sonora que ele é lucrativo desde o início, por ter herdado patrocinadores do portal Terra.

Eles têm um acervo até grandinho. Mas fiz uma pesquisa e não têm Beatles ou The Who, por exemplo. Estão lutando para tocar a Warner também.


O Spotify tem mais de 1 milhão de usuários só na Inglaterra e cresce a uma base de 20 mil pessoas assinantes diários. Lá já estão Caetano, Chico e até uns sertanejos. Há bons nomes de música clássica também - isso, no Sonora, nem em sonho. Uma coisa bacana é que, assim como a Last.fm, ele contextualiza os artistas, com dados sobre biografia e discografia. O Sonora não tem isso.

O site tem três pacotes de acesso. Para o Brasil só é possível acessar o último, pago.

Aqui abaixo vai uma comparação entre os recursos dos dois sites:

Acervo
Sonora: 1 milhão de músicas
Spotify: 3 milhões de músicas

Rádio
Os dois têm, mas o Spotify oferece seleção combinada de ano e ritmo.

Playlist
Em ambos as playlists personalizadas ficam memorizadas

Download
O Sonora tem planos de downloads ilimitados, o Spotify não.

Acordos com gravadoras
O Spotify tem com todas as grandes, o Sonora não tem a Warner.

Biografias e informações
Só no Spotify.

Acesso no Brasil
O Sonora tem acesso gratuito e assinaturas. O Spotify, só assinaturas.

Histórico do usuário
No Sonora, de até seis meses atrás

4 comentários:

  1. Marcelo, vou colar aqui o comentário que eu fiz no texto do Leoni, sobre a lei na frança. As pessoas vão continuar ouvindo música de graça sem violar lei nenhuma e aí?
    ""Essas pessoas que criam essas leis vivem em outro mundo, "Jurassic World" , de que adianta eles criarem esse tanto de leis se a cada dia que passa aumentam o número de adeptos do streaming, quando eu leio umas notícias iguais a essa, me vem logo à cabeça aqueles conflitos de desenho animado, no qual um ser do futuro é teletransportado pro passado, e aí aparece um ser "Das cavernas" tentando destruir o Homem do futuro Com Lanças, Flechas e pedras, hahahaha... Já estou imaginando o presidente da França fantasiado de Fred Flinstone, rsrsr...""

    ResponderExcluir
  2. Marcelo, você tem usado o Spotify? É legal? As indicações são boas? Você tem "vizinhos" como na Last Fm?

    Se for bacana eu passo a usar imediatamente. Tem como usar pelo iPhone via 3G? Aí seria infinitamente melhor do que rádio já que daria para ouvir no carro.

    ResponderExcluir
  3. Leoni, infelizmente não usei o Spotify, pois no Brasil só é possível acessar o pacote full, pago. Em euros. :(

    Lhe retorno a pergunta: e a Last.fm? Tenho a maior simpatia pelo modelo deles."Pega" no I-Phone?

    ResponderExcluir
  4. Estou experimentando o Imeem para iPhone. Parece que você pode ouvir as suas listas online. Não sei direito para que serve se as minhas listas já estão quase todas dentro do meu iphone.

    ResponderExcluir