7 de jul de 2009

Olha isso @ticostacruz: Moby mostra, mais uma vez, que música grátis não canibaliza a música paga

Ontem o cantor Tico Santa Cruz, como estratégia para divulgar o novo trabalho de sua banda, Detonautas, liberou um link para download de uma canção inédita no Twitter. Em um de seus posts ele já previa uma reação de sua gravadora. Dito e feito. Recebeu um e-mail da mesma pedindo que ele retirasse o link.
Mandei uma mensagem para o Tico com o e-mail do Moby para Bob Lefsetz contradizendo inteiramente a teoria das gravadoras de que a música oferecida de graça diminui as vendas.
Hoje apareceu esse texto num blog que acompanho e achei muito apropriado reproduzí-lo aqui, até para dar munição ao Tico para argumentar com sua gravadora.


tradução de texto publicado em TechDirt


Ouvindo a indústria da música você pensaria que música de graça significa que os músicos não têm mais nada para vender. Isso é, obviamente, falso já que vemos repetidamente que músicos que se conectam com os fãs (ao invés de processá-los) e dão a eles algo de valor para comprar (ao invés de forçar as mesmas coisas sobre eles) não têm problemas para vender bastante, a despeito de qualquer “pirataria”. Na verdade, existe cada vez mais evidência de que música gratuita não é nem mesmo uma substituta real para música paga. Há alguns meses escrevemos sobre Corey Smith e sua experiência do verão passado. Smith oferece todas as suas canções de graça em seu site e, ainda assim, continua vendendo faixas no iTunes. A experiência consistiu em remover os downloads gratuitos do site e descobrir que as vendas no iTunes despencaram. Exatamente o oposto do que a indústria da música insiste em dier que vai acontecer.

Parece que algo semelhante aconteceu com Moby. Em um e-mail para Bob Lefsetz ele ressalta que a música que ele vem dando em seu site é a que tem gerado mais vendas no iTunes:

Como vão as coisas?
O álbum acabou de sair e lideraria a parada européia se não fosse pelos relançamentos do Michael Jackson.
Então, está indo bem.
Mas tem algo engraçado acontecendo: a faixa que mais tem vendido no iTunes é “Shot In The Back Of The Head”.
Por que é engraçado?
Porque é a faixa que eu venho dando há dois meses e que eu ainda estou dando.
Estranho.
Como vai você?
Moby

É claro que deve ajudar o fato de Moby não tratar seus fãs como criminosos.

3 comentários:

  1. "A experiência consistiu em remover os downloads gratuitos do site e descobrir que as vendas no iTunes despencaram."

    Leoni, está correta esta tradução mesmo? Você não quis dizer que " as vendas no iTunes NÃO despencaram?"

    ResponderExcluir
  2. É isso mesmo. Nenhum erro. Na internet, quanto mais se dá mais se vende.

    ResponderExcluir
  3. eu compraria musica do itunes se o serviço ao menos funcionasse no Brasil. De qq modo é bom saber que hj em dia nao preciso mais da permissao de um engravatado que nao entende nada de musica pra poder ter acesso ao novo disco do arctic monkeys assim que ele sai la fora. Essa discussao nao é sobre musica, mas sobre igualdade.

    ResponderExcluir