11 de dez de 2009

Criando uma nova cena musical alternativa



Estou ajudando a organizar um debate, ou melhor, um diálogo sobre a criação de uma nova cena musical alternativa. "Alternativa" deixou de ser uma expressão para designar o que não alcançou a grande mídia para recuperar seu sentido de “outra solução”, “outro caminho”. Talvez a grande resposta quando se está sem caminhos.

Pensando grande, vamos nos reunir, Tico Santa Cruz, O Teatro Mágico, For Fun, Bruno Levinson da MPB FM e alguns outros artistas, pensadores e produtores e imaginar formas de juntar esforços e públicos, independente dos estilos musicais e criar festivais e outros eventos que chamem a atenção de forma mais impactante.

Todo o diálogo será transmitido via internet. O encontro será na quinta-feira, às 16:00h na UFRJ da Urca. Vejam os detalhes:

“Diálogo: Como construir uma cena da música independente sustentável?

A partir da afirmação, "Um mundo acabou. Viva o mundo novo!" presente no manifesto música para baixar, é que devemos refletir, aprofundar e projetar uma nova cena da música independente no Brasil, que se adapte às novas tecnologias e reúna criadores, produtores e usuários da música, com disposição e atitude para coletivamente construir novos modelos de negócios viáveis e sustentáveis para os tempos em que vivemos.

As ideias que apoiamos necessitam de tempo para se disseminar, e nós, que vivemos de música, não podemos esperar de braços cruzados enquanto a indústria e as leis não se adaptam à nova realidade. Baseados nos preceitos do movimento Música Para Baixar, temos que criar, hoje, uma cena alternativa. Como o antigo sistema ruiu e não funciona mais para ninguém, sejamos os criadores da nova realidade, os líderes da viagem ao novo mundo, a alternativa real. A tecnologia nos deu as ferramentas necessárias para essa tarefa, que, cada vez menos, necessita de intermediários entre artistas e público. Temos feito isso sozinhos. Agora, vamos fazê-lo juntos.

Vamos reunir ideias de artistas, produtores, consumidores e pensadores para formar novos públicos e oferecer outras formas de criação e consumo de música. Queremos fortalecer uma nova cena que seja economicamente sustentável para se contrapor ao modelo que recebemos.

Para esse diálogo estão convidados:

- Leoni / Movimento MPB
- Tico Santa Cruz / Detonautas
- Fernando Anitelli / Movimento MPB / Teatro Mágico
- Everton Rodrigues / Movimento MPB, Software Livre / Teatro Mágico
- Marcos Sketch / Forfun
- Adriano Belisário - Pontão de Cultura ECO/UFRJ
- Bruno Levinson / Rádio MPB fm
- Walter Abreu - Showlivre.com

Mediação: Professora Ivana Bentes, Diretora ECO/UFRJ

Data: 17 de dezembro
Horário: 16h
Endereço: Av. Venceslau Bras, n° 71, Fundos - Botafogo. Escola de Comunicação da UFRJ - Campus Praia Vermelha - Mapa - http://pontaodaeco.org/como-chegar

O evento é aberto para todos os interessados

Transmissão ao vivo (streaming) - pontaodaeco.org

Realização: Movimento Música para Baixar

Apoio: Pontão de Cultura ECO/UFRJ”

11 comentários:

  1. meu unico conselho é tirar o nome NOVO pois tudo que é novo é velho
    Não acredito em "uma nova cena musical alternativa" e veja bem não é na idéia e sim na nomenclatura

    ResponderExcluir
  2. Com certeza muita coisa boa vai surgir desse encontro. Rumo às soluções que a arte brasileira realmente precisa. Se não puder ir (o que é bem provável), vou acompanhar pela internet. De qualquer forma, espero que disponibilizem depois o material para servir de referências futuras!! Parabéns pela iniciativa!!

    ResponderExcluir
  3. Também estou ajudando a organizar, é um grande prazer ver artistas de peso apoiando a arte livre e democrática! Nos vemos no dia 17, inté!

    ResponderExcluir
  4. Vou mobilizar a galera da Rede Rio Música pra comparecer no evento. Eu mesmo não poderei, pois não estarei no RJ.

    Estou aqui em Recife, na Feira Música Brasil, e estive no stand do MPB, trocando idéias e informações...Vamos em frente!!!

    ResponderExcluir
  5. Sensacional. Mundo da música comercial está muito saturado, cheio de bandinhas fúteis que querem saber de tudo, menos de fazer música de verdade. Money talks.

    Sucesso ao debate e ao movimento Música Para Baixar. Única que acho estar faltando é a presença de alguém do @shownaweb, que tem feito um trabalho brilhante ao transmitir vários shows de graça.

    ResponderExcluir
  6. As propostas do movimento Música pra Baixar são realmente muito bacanas. No entanto, acho que faltou alguém do Circuito Fora do Eixo nessa mesa aí pra colocar outras idéias paralelas.

    ResponderExcluir
  7. Meu sonho é poder acessar tudo de um só lugar.
    Por tudo eu me refiro a músicas, biografias, letras, cifras, fotos, notícias, fórum, vídeos, agenda, etc, de todo artista/banda do mundo.

    Hoje temos uma infinidade de sites, cada um com recursos legais e tal mas que não unem o público ouvinte. Muito pelo contrário.

    Bom, fica a sugestão para o debate.

    Paulo

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. toda união é capaz de promover uma revolução ...acreditem

    ResponderExcluir
  10. vai ser uma beleza. logo logo.. @bandalascivo estará na participação de movimentos como esse.

    ResponderExcluir
  11. Gostaria muito de participar, pois da idéia sou um entusiasta.
    Só acho que devemos ter cuidado com coisas como "o antigo sistema ruiu e não funciona mais para ninguém". Apesar do belo apelo ideológico que frases como esta possuem, não podemos construir o movimento sobre mentiras e/ou meias-verdades. Creio q o antigo sistema ESTÁ ruindo, mas ainda funciona para muita gente (Iron Maiden, Stones e gde. elenco q o digam...)
    Abs e Boa Sorte!
    @fabio_adorno

    ResponderExcluir