20 de jun de 2009

O dilema do pirata



Assistindo à fala do jornalista de música Matt Mason na Openvideo Conference, tomei conhecimento de um livro dele que me pareceu interessante. O autor já foi DJ e coisa e tal, daí que podemos antecipar algumas posições dele em relação ao tema. Mas tudo bem, fui à Amazon e reservei um na shopping cart. Vejam esta resenha que pesquei de lá:

The Pirate's Dilemma: How Youth Culture Is Reinventing Capitalism
From Publishers Weekly
Music journalist Mason, a former pirate radio and club DJ in London, explores how open source culture is changing the distribution and control of information and harnessing the old system of punk capitalism to new market conditions governing society. According to Mason, this movement's creators operate according to piratical tactics and are changing the very nature of our economy. He charts the rise of the ideas and social experiments behind these latter-day pirates, citing the work of academics, historians and innovators across a multitude of fields. He also explores contributions by visionaries like Andy Warhol, 50 Cent and Dr. Yuref Hamied, who was called a pirate and a thief after producing anti-HIV drugs for Third World countries that cost as little as $1 a day to produce. Pirates, Mason states, sail uncharted waters where traditional rules don't apply. As a result, they offer great ways to service the public's best interests. According to Mason, how people, corporations and governments react to these changes is one of the most important economic and cultural questions of the 21st century. Well-written, entertaining and highly original, Mason offers a fascinating view of the revolutionary forces shaping the world as we know it.

4 comentários:

  1. Cacete! Mais um para a minha montanha de livros que eu não li - mas lerei. Um dia...
    As leis têm que mudar para atender o interesse público e não para preserver direitos individuais que já não se sustentam nem se justificam.

    ResponderExcluir
  2. Para mim, o grande dilema da pirataria é: QUER PERDER QUANTO ? - talvez em 15 anos o mundo não teve tantas modificações, em tão rápido tempo! e muito provavelmente a grande maioria esta completamente perdida nisso, principalmente aqueles que ja estão acostumados ha muito tempo com formas convencionais.

    Li hj que o Myspace fechará as portas no Brasil e porque ? porque provavelmente não está gerando o montante sugerido ou perto do que gera em outros países. Voce entra em outras redes de relacionamento (o grande boom do momento!) e vê trocentos links patrocinadores, aplicativos, bla bla bla que para o usuário sai de graça, mas alguem paga por isso.

    E chega-se a uma conclusão: ninguem dá valor ao que é de graça, uma vez tendo de graça 0,05% vai se propor a passar a pagar por aquilo,mesmo que seja um preço simbólico !!!!!!!

    E o artista nessa história ? sorte do Zeze de Camargo que faz um show em SP pra 30 mil pessoas e pode tirar a diferença na bilheteria, o Barão Vermelho e o Titans ainda tem seus velhos fans, da decada de 80 que foram acostumados a tirar o rabo de casa e ir na loja comprar o CD, que hj tem 30 anos e trabalham para pagar 15,00 20,00 pelo novo disco dos caras, mas a geração do NXZero tá é ó .... vcs sabem.

    Isso porque eu nao citei a pirataria de outras coisas : perfume de 10 reais na Uruguaiana, imitação de Carolina Herrera, Bolsa "Luiz Vitão" ...

    ResponderExcluir
  3. Comprei o livro faz uns 3-4 meses mas so ontem comecei a ler. O inicio me pareceu um pouco panfletario, mas ainda tem chao pela frente. Assim que terminar, volto pra dizer o que achei!

    Abracos!

    ResponderExcluir
  4. Artur, então está combinado. Aguardamos sua resenha.

    ResponderExcluir