24 de mar de 2009

Música de graça

Vamos discutir algumas ideias?

No meu site eu tenho dado uma canção inédita por mês para os cadastrados - que recebem um e-mail avisando que ela já está disponível. Além do arquivo em MP3 – nada de DRM, pelo amor de Deus! – de boa qualidade, eles encontram letra, cifras, ficha-técnica, textos sobre a composição e a gravação e uma foto para a capa virtual do single.

É tudo gratuito e oficial. Eu parti da idéia de que a venda de música já é algo insignificante e que, muito mais que vender, é importante ter a atenção das pessoas. A única coisa que eu peço em troca é o e-mail delas para que eu possa mandar outras canções, avisar quando eu lançar um show novo ou uma nova promoção etc.

Tenho procurado outros artistas que façam algo semelhante no Brasil mas ainda não encontrei. Adoraria trocar experiências e resultados.

O que vocês acham dessa estratégia? Conhecem alguém que tenha uma conduta semelhante?

13 comentários:

  1. Oi, ainda não consegui achar nenhum musico que faça o que voce tem feito é muito legal para nós que gostamos de musica.

    ResponderExcluir
  2. Essa estratégia é maravilhosa! Deixa o fã mais próximo do artista, o que deixa ele mais fiel e com certeza com mais vontade para mostrar para todos os amigos.
    Não conheço nenhum artista brasileiro que faça isso... Mas todos deveriam fazer. Isso deveria ser divulgado nos 4 cantos do mundo!

    Parabéns por tudo que tens feito.

    ResponderExcluir
  3. Los Pereiras, Ghivari e Camila, obrigado pelos elogios e incentivos. Esse é um projeto que ainda está em andamento e não sei qual será o resultado. Mas vou contando a medida que ele for tomando corpo.

    ResponderExcluir
  4. Sou uma das provas-vivas de que essa sua nova maneira de distribuir música está dando certo, Leoni, e com muito orgulho. Comecei baixando as músicas do site, daí comprei os DVDs, e tô aqui, até hoje, acompanhando tudo.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns Leoni!!!
    Está super legal esse espaço! É muito importante que o artista de hoje saiba como manter-se sempre on line.
    Não entendo de fazer música, mas tenho bastante gosto pela boa música e adoro ouvir todas que vc faz!! rsrsrs
    Felicidades!! beijos
    Wanda

    ResponderExcluir
  6. Humberto Gessinger (engenheiros do hawaii) e Duca Leindecker (cidadão quem) têm um projeto chamado "Pouca Vogal" (www.poucavogal.com.br) através do qual eles disponibilizaram 8 músicas inéditas para download gratuito. No site, as atualizações constantes de comentários e fotos feitas pelo Humberto (às vezes reflexões sobre o futuro da musica também)lembram um pouco o formato de um blog. É o que já vi de mais semelhante...

    ResponderExcluir
  7. Hugo, vou dar uma olhada e convidar o Humberto a participar dessa nossa discussão. Valeu pela dica.

    ResponderExcluir
  8. Leoni, estou lançando meu primeiro disco solo e tenho algumas idéias.
    Acredito que o CD no caso de artistas novos é inevitável pois é uma espécie de cartão de visitas. Fiz a já tradicional tiragem mínima de mil cópias para pulverizar meu trabalho no campo físico, mas já trabalho a respeito do campo virtual. A idéia mais interessante que eu tenho é criar versões acústicas das canções que estão no disco, para download grátis no meu site. Nosso tempo propicia tanta facilidade para gravação e pulverização de fonogramas que é muito fácil e até prazeroso criar versões para uma mesma música. Creio nessa alternativa (claro que existem outras, basta criarmos) para atrair atenção do público, consolidar todos os meios tanto físico quanto virtual, e assim alcançar o real objetivo: divulgação do trabalho e a conquista de um público fiel.

    Já aproveito o momento para sugerir outra questão: a idéia de que os artistas gradativamente se tornem pessoas "normais", e não semi-deuses como têm sido tratados desde a invenção das mídias de massa.
    É impressionante a quantidade de artistas amigos meus, que ainda acreditam no tal sonho da carreira de sucesso cheia de glamour, assédio, dinheiro, e PASMEM: contrato com uma gravadora. Acho que tudo isso, um dia, será coisa do passado.

    Seu site Leoni, esclareceu muitas coisas que sempre questionei após a revolução virtual, mas não tinha onde ou com quem concordar... obrigado!

    Geovanni.
    Manaus/AM

    ResponderExcluir
  9. Acho essa idéia fantástica, até quem conhece pouco o seu trabalho muda de opinião ao saber que as músicas estão disponíveis para download. Me cadastrei no seu site por causa das músicas, e comecei a dar uma bisbilhotada sempre!! Adorei os comentários, os detalhes, a proximidade com que você nos presenteia.

    O Los Hermanos e o Paulinho Moska tinham sites onde se podia escutar as músicas online, mas não me recordo se era possível fazer download.

    Bianca Nami
    Rio de janeiro

    ResponderExcluir
  10. Leoni acho perfeito....Ja faz tempo que na real nao so a musica mas todos os proscesos de relacoes de negocios estao condenados e a natureza é implacavel,entao.....,acho que estamos no ponto crucial da overdose e no "meio" da transformacao mais importante depois do fim dos anos 60,movimento pos guerra etc e tal.E um momento de transformacao de conciencia global.E o bom e que estamos participando dela.O artista antes de tudo,antes do dinheiro ele precisa se comunicar,se sentir conectado emocionalmente com as pessoas que gostam da sua musica.E essa "estrategia" e perfeita.Acabei de lancar meu 5 cd nos estados unidos e a musica(Que e o single) esta disponivel para free download tambem (http://www.myspace.com/torcuatomariano)(disponivel para quem quiser)e a compania conseguiu criar um mailing de 40.000 pessoas com essa estrategia,a cada cd lancado eles disparam 40.000 mails com folder do lancamento e um link para o free download do novo artista ou novo cd lancado.

    ResponderExcluir
  11. Simplesmente fantástico este blog e toda a nova proposta/visão para a música e músicos.
    Me animei muito a começar algo neste mesmo sentido... vou avaliar minhas possibilidades.

    Grande Leoni

    ResponderExcluir
  12. Nossa, sem ver esse post comentei sobre isso no anterior. Acho algo bastante estratégico e que só atrairá mais pessoas pra perto do artista. Até porque, acredito que os músicos lucrem com os shows e não mais com os álbuns.. e, pode ter certeza, essa é a forma mais inteligente e completa que vi até agora m relação à adaptação ao mundo digital. Sem falar da singularidade que atrai olhares.

    É como eu sempre digo, os outros são os outros e só.
    :)

    ResponderExcluir