31 de mar de 2009

Bandcamp - sites gratuitos para bandas


Já que ter um site é importante, essa pode ser uma ferramenta interessante. Alguém conhece?

Bandcamp, um serviço grátis de criação de sites para bandas

by Miguel Caetano on Setembro 18, 2008

Sinceramente, já fazia falta algo assim: um serviço inteiramente gratuito que permite que qualquer banda ou músico monte a sua própria presença online em poucos minutos através de um site próprio com um aspecto limpo e profissional. Se tivesse que resumir a plataforma do Bandcamp, diria que se trata de uma espécie de Wordpress.com para artistas independentes, só que em vez de blogs cria sites de música para quem está à procura de algo mais do que uma página no MySpace ou noutra rede social/plataforma de promoção de bandas.

Streaming e downloads a partir de um interface limpo, simples, rápido e eficaz com a possibilidade dos fãs acederem às capas dos discos, consultar notas ou mesmo letras. Assim como cada banda tem direito ao seu próprio subdomínio em bandcamp.mu, também cada disco e cada música têm direito a endereços próprios. Tudo numa perspectiva de optimização para motores de busca (SEO), para que o vosso site apareça nos lugares de destaque nos resultados do Google.

O melhor de tudo é que cada banda pode decidir de que modo é que pretende disponibilizar as músicas: grátis, a um preço fixo ou “à vontade do freguês”. Se optarem por vender os temas, os utilizadores podem logo ali efectuar a transacção via Paypal. A única exigência que os responsáveis pela plataforma fazem é que as bandas não podem limitar o streaming das faixas a miseráveis excertos de 30 segundos. Faixas completas ou nicles!

Outra coisa boa é que depois de feito o upload, eles encarregam-se de fazer o transcoding automático das músicas para nada menos do que NOVE formatos à escolha, desde MP3s de qualidade medíocre (128 Kbps) até a formatos lossless como FLAC e Apple Lossless. Todas as faixas descarregadas vêm com os metadados correctos (capa do disco e nome do álbum, banda e faixa).

Os utilizadores podem também, por seu lado, inserir um widget com um leitor para poder ouvir as músicas da banda no seu site, blog ou perfil de rede social. Os tarados por estatísticas e métricas têm acesso a uma panóplia de dados sobre de onde é que os vossos visitantes vêm, que sites ou blogs vos linkam, em que sítios é que os vossos widgets foram inseridos, quais são as músicas mais populares, o número de vezes que elas foram tocadas até ao fim, escutadas parcialmente ou saltadas, etc.

Quem abrir um site no Bandcamp não só não precisa de pagar absolutamente nada à partida, como mantém todos os seus direitos e pelo menos até Março de 2009 terá direito a 100 por cento das receitas geradas com as vendas de downloads. Embora a partir daí, os responsáveis pelo serviço possam começar a cobrar uma percentagem sobre essas receitas, eles prometem que essa percentagem nunca será superior a 15 por cento. Nos planos da empresa está também o recurso a publicidade, mas eles garantem que o dinheiro será sempre dividido com as bandas.

Os criadores do Bandcamp são Ethan Diamond e Shawn Grunberger, que foram também os fundadores do Oddpost, um dos primeiros serviços de Webmail concebidos em Flash que foi posteriormente comprado pela Yahoo!. Leiam a entrevista que Diamond deu a Andy Baio do Waxy. Se é certo que a TopSpin Media do ex-Yahoo! Ian Rogers oferece uma plataforma algo semelhante para artistas que pretendem fazer uma carreira sem um contrato com uma editora discográfica, a verdade é que os serviços da TopSpin apenas se encontram ainda acessíveis a um grupo restrito de artistas. Por outro lado, se o Bandcamp é grátis, é bem provável que a TopSpin cobre umas boas centenas de dólares por cada site.

8 comentários:

  1. Formulei mal minha pergunta, quero saber se tenho total controle desse site, ou se possui donos igual o myspace, orkut, etc...?

    ResponderExcluir
  2. Uma curiosidade...

    Quanto tempo vcs demoraram pra assistir esse video legal aí em cima? Já estou no trigésimo minuto e a barrinha acabou de passar pela metade. Assino net tv + banda larga (dizem)... 240 reais mensais.

    Acho que agooooora eu to entendendo o futuro. O cara baixou uma música em 30 segundos (!) Somente eu estou impressionado né?!?!?

    Será o mundo um Ipod gigante?! To descobrindo a roda?!

    Putz... 240 reais... hehehehe

    ResponderExcluir
  3. Uma informação de incrível qualidade, e um título de blog não menos pós-moderno (ou líquido...como diria Zygmunt Bauman)

    Parabéns pelo blog, e ganharam um novo leitor hoje!

    (por indicação do blog jazzman)

    Grande abraço

    ResponderExcluir
  4. Galera! esse BandCamp é genial!!! É melhor um pouco do que todos os outros Myspank, Facebooh, twistter.....Uau ...estava eu a discutir e perdi essa aqui ....nunca sejam assim...como eu...
    Reúne as coisas para quem quer streamear, para quem quer adquirir, para quem quer lançar singles, fazer álbum(virtual), tem lugar para um material gráfico bacana, ao menos me parece. Desse eu gostei, torço muito para que o público reconheça como algo legal e chegue junto, porque aí completa mesmo. A grande vantagem do Myspace até agora era essa, as pessoas já estão lá ..chame um pouco de atenção e tenha ouvintes. Aí no BandCamp se isso acontecer vai ser genial. Estou dentro.
    Obs.
    Não sei se sou só eu, mas as páginas de acesso parecem meio lentas para serem carregadas.

    ResponderExcluir
  5. Quando eu perguntei se tem um dono, que não seja eu, é pelo simples motivo desse dono querer acabar com o site de uma hora pra outra e eu ficar sem site, rsrsrs... è dificil isso acontecer né, mas tem chance né, o Leoni já falou sobre esse assunto no dicas....

    ResponderExcluir
  6. Humberto, assine o Musicalíquida via RSS. Aí você vai poder discutir à vontade sem perder nada. Experimente.

    Vejo o Bandcamp como um bom complemento para o MySpace. No MySpace a vantagem é a rede, mas é feinho e não tem tantos recursos. Daí ser uma porta de entrada, mas vale direcionar logo o visitante para o Bandcamp ou o que valha.

    ResponderExcluir
  7. Já estou no bandcamp conferindo!

    Será que não é uma nova esperança para a divulgação/venda musical?

    Gostei bastante do layout e parece ser melhor do que myspace.

    ResponderExcluir
  8. Mais informação para quem gostou do Bandcamp, como o Humberto:
    http://ow.ly/20cq

    ResponderExcluir